Construção da EBS da Calheta

O projeto está concebido no sentido de organizar e agregar todas as funcionalidades num único edifício, no qual se prevê a integração de todos os níveis letivos desde o pré-escolar até ao secundário, sendo que os espaços específicos de cada nível de ensino são complementados por espaços comuns de apoio a todos, tais como, biblioteca, ginásios, auditório, cozinha e refeitório. Todo o edifício escolar está devidamente pensado de forma a garantir que o percurso a efetuar, desde a entrada da escola, até cada um dos espaços letivos seja tão pequena, quanto mais baixa for a faixa etária dos alunos que a tenham que percorrer. Em termos de implantação, é de referir que todo o piso 0 do edifício projetado se encontra implantado a uma cota inferior à cota natural do terreno, pelo que muitas das áreas têm um aproveitamento indireto da iluminação natural, quer através da criação de pátios, ou de claraboias para iluminação zenital. É neste piso que se encontram situadas todas as áreas administrativas e de gestão da escola.

Objetivo/Finalidade/Interesse do Projeto

Esta escola é composta por edifícios dispersos, sem ligações cobertas que previnam que alunos e docentes possam percorrer os espaços escolares com o mínimo conforto, ao abrigo da chuva e vento, constantes nesta região. A cobertura destes edifícios contêm placas de fibrocimento com amianto. Uma substância perigosa para a saúde por ter partículas consideradas cancerígenas. A estrutura de betão também apresenta num grau de degradação muito avançado. Com a construção das novas instalações da EBS da Calheta pretende-se melhorar as condições para o processo de ensino/aprendizagem, em complemento das ações de melhoria da qualidade do sistema, principalmente com o aumento das ofertas de educação e formação profissionalizantes.

CUSTO TOTAL ELEGÍVEL: 18.364.351,99€

COMPARTICIPAÇÃO FEDER: 15.609.699,19€ (85%)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*