Mobilizar a comunidade educativa e parceiros sociais, através do aumento do grau de responsabilização e de participação local e gerando novas formas de regulação social.

Ler mais...

Promover um maior envolvimento dos pais e encarregados de educação no acompanhamento ativo da vida escolar dos seus educandos.

Ler mais...

Promover o desenvolvimento profissional dos docentes, através de uma ação docente mais colaborativa e partilhada, para a melhoria da qualidade não só do ato de ensinar, mas, fundamentalmente, do processo de aprendizagem.

Ler mais...

Assegurar que os alunos à saída do 4.º ano do ensino básico são competentes em leitura.

Ler mais...

Aumentar o sucesso escolar em todos os níveis e ciclos e ensino (taxas de transição e aprovação, percentagem de jovens que concluem o 9.º e o 12.º ano e percentagem de jovens que concluem cursos de dupla certificação de nível ISCED 3).

Ler mais...

Reduzir a taxa de abandono precoce da educação e da formação, ou seja os jovens dos 18 aos 24 anos que não concluíram o ensino secundário e não estão a frequentar nenhum tipo de educação ou formação, formal ou informal.

Ler mais...